Revestimentos anti-graffiti industriais

Revestimento anti-graffiti KTX 30 – sistema permanente

Transparência excepcional é a principal vantagem deste revestimento anti-graffiti.

Principais características e benefícios do revestimento anti-graffiti KTX 30:

  • sistema permanente isomórfico permite a remoção repetida de tintas graffiti,
  • preparado de um componente - não requer mistura dos componentes, não gera perdas associadas com endurecimento do revestimento não utilizado dentro de um determinado tempo - Fácil Aplicação,
  • forma uma fina camada de revestimento anti-graffiti de aprox. 4 μm incolor facilmente lavável,
  • 1 camada de revestimento é suficiente para plena proteção,
  • secagem rápida, seco em 1 hora,
  • rendimento excepcional até 100 m²/L,
  • permeável ao vapor,
  • eliminação de tintas graffiti com removedores químicos,
  • antiaderente, facilita a remoção de fitas e cartazes,
  • resistente à radiação UV, não amarelece,
  • pelo menos 5 anos de durabilidade,
  • resistente quimicamente,
  • possui propriedades anti-estáticas,
  • versão do acabamento: fosco e brilho,
  • renova superfícies danificadas, foscadas, oxidadas dando-lhes o brilho natural novamente,
  • aplicação por meio de rolos de microfibra, tecidos de microfibra, pistola pulverizadora HVLP de baixa pressão,
  • para uso em todas as superfícies não absorventes, incluindo granito polido,
  • não leva à perda ou deformação óptica das superfícies transparentes revestidas, incluindo vidro, policarbonatos etc.,
  • possui a Aprovação Técnica do Instituto de Construção de Estradas e Pontes no. AT/2014-02-3069,
  • certificado – possui a marcação de construção B.

 

 

 

Exemplos de métodos de aplicação do revestimento anti-graffiti KTX 30

 

 

 

Obtenção da aprovação exigiu a realização de muitos ensaios para o revestimento anti-graffiti KTX 30 de acordo com as seguintes normas:

  • PN-EN 1062-3:2008 Tintas e vernizes. Produtos de pintura e esquemas de pintura a aplicar em alvenaria e betão exteriores -- Parte 3: Determinação da permeabilidade à água.
  • PN-EN 1542:2000 Produtos e sistemas para a proteção e reparação de estruturas de betão -- Métodos de ensaio -- Medição da adesão por arrancamento.
  • PN-EN 1767:2008 Produtos e sistemas para a proteção e reparação de estruturas de betão -- Métodos de ensaio -- Análise de infravermelhos.
  • PN-EN ISO 2811-1:2012 Tintas e vernizes -- Determinação da densidade - Parte 1: Método picnométrico.
  • PN-EN ISO 3219:2000 Plásticos. Polímeros/resinas em estado líquido, em emulsão ou em dispersão. Determinação da viscosidade utilizando um viscosímetro rotacional com velocidade de corte definida.
  • PN-EN ISO 3251:2008 Tintas, vernizes e plásticos. Determinação do teor de matéria não volátil
  • PN-EN ISO 7783-2:2001 Tintas e vernizes. Materiais e esquemas de pintura para rebocos exteriores e betão. Parte 2: Determinação e classificação da velocidade de transmissão de vapor de água (permeabilidade).
  • PN-EN ISO 7783:2012 Tintas e vernizes. Determinação da velocidade de transmissão do vapor de água. - - Método da cápsula.
  • PN-EN ISO 9001:2009 Sistemas de gestão da qualidade -- Requisitos.
  • PN-EN ISO 9001:2009/AC:2009 Sistemas de gestão da qualidade -- Requisitos.
  • ASTM D6578 Prática padrão para determinação da resistência de graffiti.

No processo de aprovação foram usados os procedimentos de teste:

  • Procedimento de ensaio IBDiM PB/TM-1/13 Avaliação do estado do revestimento de proteção após o teste de resistência ao frio.

No processo de aprovação foram usados os relatórios dos testes do produto de construção:

  • Testes IBDiM (Instituto de Pesquisa de Estradas e Pontes), Relatório IBDiM no. TM4/32/2014.

 

Summary of anti-graffiti coating properties:

Tabela powłok antygraffiti